Publicada em: 15/12/2015 - 15:00, por Revista ESPAÇODESIGN

A A A

Acesso fácil

De acordo com a norma Brasileira da ABNT NBR 9050, que trata sobre a Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos, estabelece critérios e parâmetros técnicos a serem observados quanto ao projeto, construção, edificações, instalação e adaptação do meio urbano e rural às condições de acessibilidade.

As edificações residenciais multifamiliares, condomínios e conjuntos habitacionais, estabelecimentos comerciais, institucionais, hospitalares, públicos e privados, necessitam ser acessíveis em suas áreas de uso comum. Entende-se, segundo a norma, por acessibilidade a possibilidade e condição de alcance, percepção e entendimento para utilização, com segurança e autonomia, de espaços, mobiliários, equipamentos urbanos, edificações, transportes, informação e comunicação, inclusive seus sistemas e tecnologias, bem como outros serviços e instalações abertos ao público, de uso público ou privado de uso coletivo, tanto na zona urbana como na rural, por pessoas com mobilidade reduzida.

Tendo em vista estas exigências, na qual toda a sociedade deve estar atenta e providenciar para que esta norma seja cumprida de forma eficiente, a empresa Ecopontes, soluções em engenharia em transposição de obstáculos, apresenta rampas de aço galvanizado, prontas, de fácil utilização e que podem ser removidas e deslocadas para outros lugares, sendo utilizadas em inúmeros tipos de obstáculos, seguindo as normas da ABNT.

Uma rampa de 90cm de largura por 60cm de comprimento, por exemplo, custa aproximadamente R$ 750,00. Já outras mais longas, de 1,50m de comprimento, sai por volta de R$ 1230,00.

A empresa, de São Paulo, oferece entrega para todo o país, e no site também é possível realizar cálculos para saber o comprimento necessário em função da altura a ser vencencida. Confira www.ecopontes.com.br .

Palavras-chave:

acesso

ponte

Aqui, empresas e projetos ganham espaço

© 2017 Revista ED. Todos os direitos reservados - Parceria Sistemas.

Ou entre em contato pelo telefone: (54) 3045-6520